Cloud Secure by Design: segurança na nuvem para Instituições Bancárias

Os bancos buscam, cada vez mais, alavancar a escalabilidade, a flexibilidade e a acessibilidade oferecidas pela nuvem pública.

Afinal, o cenário mercadológico atual exige que as instituições bancárias atendam as demandas de forma mais eficiente e com custos mais baixos. Neste artigo da Claranet, veja as vantagens de adotar a Cloud Secure by Design na gestão de TI dos bancos e demais instituições financeiras!

Por sua vez, isso as impulsiona a incorporar a computação em nuvem em mais áreas do negócio. No entanto, assim como ocorre a expansão do uso do cloud, cresce também o número de violações de segurança - resultando em perdas de milhões de informações, de dinheiro e de clientes -, o que pode ser evitado com a aplicação do Cloud Secure by Design.

O que é o Cloud Secure by Design?

Em termos gerais, Cloud Secure by Design, ou Cloud Security by design (SbD), é uma abordagem de segurança utilizada para formalizar o design da infraestrutura, permitindo também automatizar os controles de segurança. Assim, os desenvolvedores podem incorporar níveis de segurança em todas as aplicações e em todo o processo de gerenciamento de TI.

Recentemente, a Amazon Web Services (AWS) promoveu essa prática de segurança, formalizando-o para uso da nuvem pública. Outros fornecedores promovem conceitos semelhantes ou relacionados, geralmente chamados de Secure DevOps ou Security Automation ou Security-as-Code ou SecOps.

Por que adotar o Cloud Secure by Design é importante na área bancária?

Dadas as constantes tentativas de violações por parte de hackers e à supervisão regulatória específica para o setor de serviços financeiros, a manutenção da segurança dos dados confidenciais e a privacidade do cliente são fatores imperativos. E, inegavelmente, contam muito nas questões legais e econômicas.

Ao migrar dados e aplicações para a nuvem, as instituições devem aprimorar a segurança nas infra-estruturas herdadas. No entanto, o uso de uma infraestrutura fisicamente compartilhada também introduz novas vulnerabilidades em potencial. A menos que o sistema seja monitorado com rigor.

Conformidade e mais segurança

De fato, a abordagem SbD tem impactos positivos nos esforços de conformidade. Mas a parte mais complexa de obter a conformidade com a infraestrutura não é a instalação e a configuração das ferramentas de segurança e registro. Certamente, a etapa mais difícil é manter esses padrões ao longo do tempo.

Antes do cloud, os sistemas mudavam com pouca frequência e com longos prazos de entrega. Já na nuvem, quando o código é enviado semanalmente e a infraestrutura é escalável, essa abordagem de conformidade manual pode limitar o sucesso dos projetos em nuvem.

E o resultado isso é a desaceleração da produtividade e das equipes de DevOps.

Portanto, a execução de aplicações na nuvem requer uma nova abordagem para conformidade. Para isso, é necessário um sistema que permita aos desenvolvedores trabalharem de modo ágil, mantendo os padrões de segurança e conformidade.

Além disso, é necessário obter uma cadeia de ferramentas que facilite a criação de ambientes compatíveis e que ofereça grades de proteção para impedir a adesão de recursos fora dos parâmetros de conformidade.

Do mesmo modo, é essencial que essas ferramentas forneçam um modo eficaz de documentar, continuamente, a configuração dos recursos de infraestrutura.

A Claranet, parceira da AWS, Azure e Google Cloud, pode ajudar sua equipe de TI a migrar dados e aplicações com base na conformidade e na segurança das informações. Com a solução adequada de Secure by Design (SbD), sua empresa poderá automatizar toda a arquitetura fundamental dos sistemas, evitando violações e ataques virtuais.

Fale com a nossa equipe e saiba mais sobre a expertise da Claranet em Secure by Design!

Dúvidas? Entre em Contato conosco

Fale conosco

Por favor, ligue-nos através do número 11 3509-4300 entre as 09:00 - 18:00 de Segunda a Sexta para falar com nossa equipe comercial.

Procura suporte técnico?
A nossa equipe está disponível 24x7x365 para te ajudar, através do número 11 3509-4321.