Desafios do DevOps para 2020

Para melhorar a qualidade dos produtos/serviços, otimizar recursos e processos e elevar a agilidade na produção, muitas empresas já adotam a metodologia DevOps.

No entanto, a implementação do método DevOps pode gerar incertezas e muitos desafios a serem superados ao longo do processo.

De fato, os desafios são ainda maiores à medida em que as práticas DevOps amadurecem e exigem mais flexibilidade na gestão de TI.

Para superar os desafios que se apresentam em 2020 acerca dessa abordagem de TI, confira neste artigo da Claranet, especialista em consultoria em DevOps, algumas das tendências mais relevantes e esteja preparado para encontrar as melhores soluções de gestão de TI para sua organização!

DevOps: busca de automação por meio da IA ​​e da ciência de dados

A tecnologia de Inteligência Artificial e a ciência de dados são bastante promissoras no campo do DevOps. Afinal, IA permite que as equipes DevOps determinem onde surgem problemas na integração contínua (CI) ou no desenvolvimento contínuo (CD).

Ao mesmo tempo, crescente popularidade de aplicativos de IA e de ciência de dados estimulam as equipes de DevOps na aplicação da filosofia do DevOps ao gerenciar pipelines automatizados, mantendo e testando vários modelos implantados na cadeia de produção.

À medida que as empresas buscam eficiência aprimorada e agilidade de implantação, a automação de etapas do DevOps será um tópico importante a ser discutido entre os profissionais.

Maior ênfase na arquitetura sem servidor

O DevOps redefiniu a arquitetura sem servidor, permitindo às empresas economizar tempo, garantir resiliência no fluxo de trabalho e reduzir custos.

Desse modo, as equipes de desenvolvedores se concentram cada vez mais no desenvolvimento e na hospedagem de sites e aplicativos baseados na arquitetura sem servidor.

Isso ocorre porque a arquitetura sem servidor permite uma maior produtividade do desenvolvedor, além de assegurar a implantação rápida e escalabilidade aprimorada, além de melhorias na experiência do usuário.

Isso explica porque o mercado sem servidor deverá crescer mais de US $ 7,7 bilhões até 2021. Portanto, no futuro, espera-se que várias empresas utilizem dos benefícios da computação sem servidor aliado ao DevOps.

DevOps e cibersegurança em 2020

À medida que as tecnologias em nuvem evoluem, a segurança cibernética também entra nessa corrida evolutiva. A virtualização permite a substituição de data centers físicos por servidores em nuvem.

Assim como os sistemas operacionais e infraestruturas de aplicativos baseados na nuvem serviram como base para os desenvolvedores acessarem, remotamente, os recursos de software sem obstáculos.

No entanto, a cibersegurança deve estar alinhada com essa nova realidade. O maior desafio, portanto, não é encontrar as ferramentas de segurança certas, mas aumentar a consciência dos desenvolvedores sobre a cibersegurança.

Afinal, qualquer falha de segurança do aplicativo pode, inevitavelmente, comprometer a segurança da nuvem em geral.

Esses e outros desafios devem ser discutidos amplamente com a sua equipe. E, caso esse artigo sirva de contribuição para as análises, compartilhe em suas redes sociais!

Mas se você precisa aprimorar os processos dentro de sua empresa, entre em contato com os consultores da Claranet, especialistas em realizar consultorias em DevOps!

Dúvidas? Entre em Contato conosco

Fale conosco

Por favor, ligue-nos através do número 11 3509-4300 entre as 09:00 - 18:00 de Segunda a Sexta para falar com nossa equipe comercial.

Procura suporte técnico?
A nossa equipe está disponível 24x7x365 para te ajudar, através do número 11 3509-4321.