SAP on AWS: Migração segura de ambiente SAP para a AWS

Para lidar com a situação desafiadora imposta a partir de 2020, a maioria das organizações acelerou sua transformação digital, gerando uma demanda sem precedentes por soluções que habilitassem o trabalho remoto, sistemas de colaboração e soluções de cloud computing.

Esse ponto sem retorno levará, segundo dados da empresa de análises IDC, a 65% do PIB mundial sendo digitalizado até 2022. A economia global continua firme em seu caminho digital e, como resultado, os investimentos em transformação digital atingirão a marca de US $ 6,8 trilhões entre 2020 e 2023.

Ser eficiente em seus processos para responder com agilidade às demandas do mercado é uma meta comum a todas as empresas ao redor do mundo - e grande parte delas conta com soluções de gestão SAP para isso.

O principal objetivo de uma organização é, sem dúvidas, obter o máximo de qualquer recurso e, ao mesmo tempo, minimizar os custos. E o que cada vez mais empresas têm feito é fazer o workload das aplicações e sistemas SAP para a nuvem AWS.

A principal razão para isso é que as empresas conseguem aproveitar mais economias de escala dos recursos do Amazon Web Services, juntamente com eficiência. Isso economiza nos custos da empresa e também maximiza seu benefício geral.

No entanto, isso só será verdade se os projetos de migração para a nuvem forem concluídos com sucesso, o que nem sempre é fácil. Veja, neste post, as vantagens de utilizar aplicações SAP na nuvem da AWS e por que a Claranet é a melhor escolha para realizar a migração dos workloads.

5 benefícios da migração para a nuvem AWS

A digitalização passou a ser percebida como a chave para repensar os processos de negócios, ser ágil, inovar, ganhar eficiência e otimizar os custos de TI, o que significa mais integração, automação e uma redefinição de arquiteturas e modelos de TI. É aqui, obviamente, que a nuvem se encaixa como uma tecnologia de base que possibilita todas as mudanças que estão sendo abordadas.

A AWS tem uma ampla gama de funções que são adequadas para todos os tipos de negócios. Elas permitem o funcionamento sem problemas, com eficiência e segurança, o que leva ao melhor resultado para todos os usuários da plataforma.

Veja, a seguir, outros 5 benefícios do SAP Business Suite na AWS para os usuários:

1. Altamente compatível

Uma empresa não precisa trocar o seu servidor, já que a nuvem da Amazon Web Services oferece suporte a vários tipos de máquinas onde as soluções SAP podem ser instaladas e executadas. Os servidores suportados são:

  • Oracle Linux
  • Servidor Windows 2008 R2
  • Red Hat Enterprise Linux
  • Servidor corporativo SUSE Linux

A migração das operações SAP para a AWS também facilita a execução de vários bancos de dados, como Microsoft SQL e SAP HANA. Com esse benefício de compatibilidade, uma empresa economiza muito, pois não precisa revisar sua infraestrutura de TI.

2. Escalabilidade e elasticidade

As configurações SAP na Amazon Web Services estão disponíveis em várias opções. Um usuário agora pode usar SAP no AWS sem se preocupar com a capacidade de memória do serviço.

Esse recurso permite escolher a quantidade de memória que é preciso usar. É possível, por exemplo, escolher começar com uma pequena capacidade e atualizar progressivamente quando chegar a hora. Inclusive o processo de ampliação e redução leva apenas alguns minutos para ser realizado.

3. Segurança e Rede Virtual

A computação em nuvem nem sempre foi associada à segurança, mas isso mudou com o Amazon Web Services. A provedora foi capaz de mudar esse status quo a partir do desenvolvimento do Amazon Virtual Private Cloud (AVPC).

O AVPC permite definir uma rede virtual privada em uma área isolada dentro das nuvens da AWS. Isso permite que uma empresa ou um usuário individual se conecte aos dados, formando uma rede privada, mas com os benefícios adicionais da infraestrutura da Amazon Web Services.

4. Desempenho e velocidade

A Amazon Web Services desenvolveu inúmeras variedades de nuvem (EC2), que são especializadas para atender a demandas de carga de trabalho específicas.

O EC2 é executado no mais recente processador Intel de 64 bits, ao mesmo tempo em que opera com alto rendimento e baixa latência, usando um adaptador de rede que facilita a transmissão de vários volumes de dados que podem ser criptografados ou não.

Portanto, para uma empresa que usa o SAP Business Suite, a promessa de velocidade, excelente desempenho e confiabilidade estão à disposição. E esses são os principais fatores dos quais uma empresa depende.

5. Dados de backup

Hoje em dia todas as informações precisam ser copiadas. A Amazon Web Services mantém todos os dados relevantes do usuário na nuvem e, portanto, fornece um backup adequado para os dados sem nenhum custo extra.

A importância de escolher a melhor fornecedora: a Claranet

A necessidade de desenvolver estratégias digitais está claramente sendo vista no aumento das migrações de sistemas críticos para a cloud computing. Na Claranet, que é especialista em migrar ambientes SAP para a nuvem AWS, assistimos a um aumento da procura e também da preocupação das empresas sobre qual o caminho a escolher na sua evolução para a nuvem.

Quando uma empresa inicia sua jornada para a cloud computing, ela deseja iniciar esse processo com a certeza absoluta de que tudo funcionará perfeitamente e sem interrupções em suas operações comerciais. Para fazer isso, deve haver uma estratégia de migração clara e um roteiro transparente por trás dela.

A SAP é extremamente exigente na questão da homologação do ambiente em nuvem onde as aplicações e sistemas vão 'rodar'. E por um motivo simples: é preciso ter certeza de que não há nenhum problema na infraestrutura que comprometa os processos.

A Claranet Brasil é referência mundial na migração de ambientes SAP para a cloud computing da AWS. Com extensa expertise em implementações dos mais diversos tipos e portes, concentra um profundo conhecimento nos workloads necessários, como também nas exigências da SAP.

Os 4 frameworks exclusivos da Claranet

Conheça, abaixo, as 4 etapas de adoção do framework SAP, processos que incluem a análise do ambiente antes, durante e depois da migração:

1- Descoberta: É realizada a ‘descoberta’ do ambiente, com a análise do ambiente onde as aplicações rodam atualmente. O mapeamento das necessidades de migração também é realizado, já que muitos outros sistemas dependem do SAP para funcionar. A etapa é finalizada com workshops tanto técnicos quanto comerciais mostrando as vantagens da migração.

2- Análise: É realizado um caso de sucesso, no qual todo o ambiente é analisado profundamente. Também são coletadas informações que mostram, detalhadamente, como os ambientes vão se comportar na nuvem.

3- Arquitetura: É hora de criar o modelo de custo da plataforma, como também cuidar da segurança, do design e do 'tamanho' da nuvem necessária. A partir de uma análise são identificados incentivos que reduzem o custo da implantação.

4- Implementação: Uma vez fechado o projeto é hora da implementação, ou seja, a migração em si. É realizado o Statement of Work (SoW), como o design em low-level (entrando nos bits e bytes).

Por que escolher a Claranet?

Qualquer que seja o caminho escolhido, dependendo das necessidades de cada organização, o papel da Claranet como especialista neste tipo de migração é garantir que os processos sejam o mais simples e eficazes.

A Claranet lida com as plataformas SAP desde 1992, sendo capaz de trazer benchmarking e super desafios pela sua gigantesca experiência. Os serviços de migração para nuvem da Claranet são respaldados por histórias de sucesso de empresas que escolheram seus especialistas para levar suas cargas de trabalho para a nuvem, sempre adaptando a estratégia de implantação às necessidades de cada negócio e com o mínimo de interrupções nas operações.

Ter um parceiro que pode aproveitar os recursos de automação da AWS e seguir as práticas recomendadas ao mudar para a nuvem ajudará a otimizar os projetos SAP na AWS, reduzir os custos e encurtar a duração do projeto.