Agronegócio icon

Agronegócio

Para um setor habituado com dimensões gigantescas e volumes medidos em toneladas, infraestrutura e sistemas que suportem a magnitude dos processos são necessidades primárias. A Claranet é a parceira certa para suportar o crescimento do agronegócio brasileiro.

A realidade da agricultura digital

Para enfrentar o desafio de produzir mais alimentos, de maneira sustentável e com custos menores, o trabalho na agricultura deve ser equipado com ferramentas e técnicas inovadoras, particularmente as tecnologias digitais.

A Internet das Coisas (IoT) é um dos pilares para a chamada quarta revolução industrial, que irá se refletir em uma Agricultura 4.0 conectada e remota. A fazenda do futuro é massivamente monitorada e automatizada. Sensores dispersos por toda a propriedade e interligados à internet geram dados em grande volume que necessitarão ser filtrados, armazenados, analisados e protegidos.

Todos esses conceitos convergem no sentido de se ter uma agricultura digital, conceito que cada vez mais se torna realidade. Mas devido à extensão do território brasileiro e à diversidade de produtos e de condições, cada região do País vive um estágio de amadurecimento.

A parceria certa para o Agronegócio

A experiência da Claranet abrange conectividade com cybersecurity, cloud computing com DevOps e big data. Trabalhamos com nossos clientes como parceiros de confiança, trazendo conhecimento técnico especializado para projetar, gerenciar e inovar a maneira como o agronegócio consome tecnologia.

Como a Claranet apoia o Agronegócio

Cloud computing

Cloud computing

Com dados e sistemas na nuvem fica mais fácil de acessar informações relevantes, não importa onde se esteja.

Saiba mais

Segurança da informação

Segurança da informação

É importante utilizar ferramentas de proteção para mitigar preocupações com perda de informações e ataques cibernéticos.

Saiba mais

Redução de custos

Redução de custos

A manutenção da infraestrutura de TI pode ficar a cargo da Claranet, reduzindo custos e permitindo investimentos em áreas mais prioritárias.

Saiba mais